wilba interativo.com br: Atividades de Leituras (Biblioterapia)

Atividades de Leituras (Biblioterapia)

<$BlogItemURL$>">Link

ATIVIDADES DE LEITURA
                                                         BIBLIOTERAPIA
Uma atividade através da leitura em biblioteca se torna ainda mais importante para o paciente quando a atividade e realizada assumindo um caráter terapêutico. Neste ponto a atividade passa a ser muito mais do que uma simples atividade de leitura,ela passa a ser uma ação terapêutica que podemos denominar de “Biblioterapia”. A biblioterapia e um termo que tem origem no grego (De biblion + Therapein) assim podem utilizar o termo biblioterapia ou biblioterapêutico quando nos referimos a uma atividade terapêutica realizada na biblioteca.
Dentro desta perspectiva, esta atividade sugere uma forma especial para a terapêutica com pacientes portadores de transtornos mentais. Através da leitura, que permita uma atualização e aprendizado e ao mesmo tempo uma identificação que permite ao paciente uma interação entre o que é e o que pode ser. Ou seja; seu universo e a realidade. Uma atividade de leitura e de grande importância para o paciente no conjunto de ações terapêuticas a ele apresentado, uma vez que ao ler um texto o individuo –paciente- passa a construir através do processo de identificação um texto paralelo intimamente ligado as suas experiências pessoais. Isto acontece porque, embora significado dos conceitos seja de conhecimento geral, (a forma como são assimilados culturalmente) é diferente no que se refere à assimilação pessoal e à resposta apresentada -apos a decodificação do termo- pelo paciente, em sua subjetividade.
Este fenômeno faz parte do processo intuitivo de cada individuo. Frequentemente alguns pacientes em suas patologias apresentam alterações no significado dos conceitos que para ele muitas vezes já não significam o que devem significar -significado geral- e nestas condições o individuo após decodificar um determinado conceito a ele apresentado manifestara como resposta algo inteiramente sem significado e sem coerência no sentido da interpretação que o mesmo dá ao termo, em relação ao verdadeiro significado do deste. Isto permite ao técnico melhor entender e compreender que as palavras manifestas - extensão do pensamento- refletem o nível de alteração apresentada pelo paciente, que vão desde uma ”simples” interpretação neurótica a mais inesperada interpretação delirante psicótica. E, portanto o técnico deve utilizar técnicas e abordagens adequadas para intervenção durante o diálogo com o paciente.
Dentro desta perspectiva, uma atividade que seja uma simples leitura ou mesmo a Biblioterapia, sugere um trabalho especial para o tratamento de pacientes quer em bibliotecas, quer em enfermarias, utilizando como instrumento tanto a leitura quanto Biblioterapia. O paciente, través da atividade de leitura, deve ser estimulado a atualização num processo de realimentação que proporcionara mudanças cognitivas e consequentemente do entendimento acerca de si mesmo e a relação como o meio em que vive, e construir mudanças significativas em seu comportamento.
Comentário – O papel da leitura é importante para a melhoria da qualidade de vida do paciente durante o período de internação hospitalar. Através da leitura ou da Biblioterapia,(leitura assistida) o terapeuta pode desempenhar importante contribuição para minimizar os sentimentos de angústia, isolamento, fragilidade física e emocional decorrentes de sua enfermidade e da internação hospitalar. WRA2010-10-02

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pela visita ao blog Wilba interativo!
Se você chegou até aqui e leu a postagem, esteja à vontade para comentar, enfim aqui não existe moderação de comentários, para não limitar o leitor em expor suas ideias, pois afinal de contas cada pessoa deve assumir seus atos e a responsabilidade por seus comentários.Volte sempre!